segunda-feira, 11 de junho de 2012


hoje nenhuma palavra
a ser dita
nenhum grito,
nenhum silêncio
saudade nenhuma
nada
apenas um dia
que despencou do
calendário
Reynaldo Bessa

Nenhum comentário:

Postar um comentário