quinta-feira, 17 de junho de 2010

Rochedo


Ergo-me diante do mar
Solitário...
Com minhas asas de pedra,
Desafiando as ondas
Que procuram caminhos,
Debatendo-se sobre mim.
OCEANO!
Espalho-me imenso,
Profundo...
Carrego em minhas ondas
Naus e seus guardiões!
Beijo ilhas e praias macias...
Escalo rochedos e escarpas
E, imerso, abraço continentes!...
Conceição Bentes/Elïscha Dewes