sábado, 2 de abril de 2011

Amo-te


A  mor é teu este sentir
M ensurar impossível é
O lhando o terno que há em ti

T e asseguro certa do querer
E u te amo, razão de todo sorrir.
         Roseane Ferreira




Um comentário:

  1. Oi Sil, adorei seu blog! É maravilhoso! Simplesmente amo poesia... Estou seguindo!
    Visite o meu: www.diarios-do-anjo.blogspot.com
    Grande abraço, bye

    ResponderExcluir