quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Iceberg

o que escondo
nem sempre é
a minha parte
mais perigosa

um bloco de ternura
hiberna
há muitos invernos
submerso em mim
à espera
de tantos reencontros

Ademir Antônio Bacca

Um comentário:

  1. Há muitos invernos submersos em mim tbm!!

    Lindoooooo isso,
    Lindo aqui!!


    Um abraço enorme, da Sil, pra Sil!!!!

    ResponderExcluir