sábado, 6 de junho de 2009

Cumplicidade


Acordei com vontade de lhe dar meu olhar.

Queria que o guardasse para mim

Naquela sua caixinha de porcelana

Que tens na cabeceira de tua cama

E onde todas as noites, antes de dormir,

Guardas delicadamente

Os sonhos que não queres ter..
Oswaldo Antônio Begiato

Nenhum comentário:

Postar um comentário