quarta-feira, 18 de março de 2009

Música Surda


Como num louco mar, tudo naufraga.
A luz do mundo é como a de um farol
Na névoa. E a vida assim é coisa vaga.

O tempo se desfaz em cinza fria,
E da ampulheta milenar do sol
Escorre em poeira a luz de mais um dia.

Cego, surdo, mortal encantamento.
A luz do mundo é como a de um farol...
Oh, paisagem do imenso esquecimento
Dante Milano

3 comentários:

  1. Muito bonito
    O meu agradecimento...
    Abraço-te
    JustMe

    ResponderExcluir
  2. Vc pode ouvir esse poems musicado e can't ao nos sites
    Www.musicasurda.com
    Www.letras.ufrj.br/musicasurda

    ResponderExcluir