quinta-feira, 23 de maio de 2013

Exortação


Noite…, silêncio…, paz…, calma…, sossego…, inércia…
Noite quer dizer sono e quer dizer loucura:
aquele – exerce-o o corpo em tréguas; esta, exerce-a
a alma – boêmia, a alma-louca, a alma leviana e impura.

Noite: estrelas e luar… colméia astral… Disperse-a
o sol – o caçador desalmado da Altura,
e as estrelas virão, novamente à solércia,
à atividade, à lei que as harmoniza e apura.

Noite: árvore de sóis, hospitaleira e boa!
Oásis de redenção – para as consciências presas
pelo Amor e que o Amor povoa e despovoa!

Noite: as estrelas são como chagas acesas…
Noite – viúva do Sol – acolhe-me e perdoa
minhas divagações e minhas incertezas…
Hermes Fontes

Nenhum comentário:

Postar um comentário