sexta-feira, 18 de março de 2011

Quietude


Tem instantes em que nada me é mais adequado,
que os rumores de um silêncio,acordando certos
sentidos,como um clarão,no obscuro de dentro.
É uma sutileza que me amansa,essa pausa de
nada ouvir,onde tudo me ordena.
Patty Vicensotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário