domingo, 15 de março de 2009

Borboletas


Pousam
em transparências
de Luz!

Irisdiscências
de cor!

Minúsculos seres
de Deus.

Tão poderosas!
Tão belas!
Tão precárias!

Como se nos trouxessem
uma lição de vida
na
sua passagem pela terra.

Belas!
Harmoniosas!
Etéreas!

Crisálido momento!
Voo de asa
cristalino!

Tão coloridas
e
Radiosas...

para logo
se esfumarem
num breve
destino

Apenas belo!

Apenas
e
fatalmente
efémero.
LuizaCaetano





Nenhum comentário:

Postar um comentário